Compartilhando idéias para alcançar a liberdade financeira.

Posts marcados ‘tolerância ao risco’

Como Calcular o Risco (Volatilidade) de um Investimento?

Calcular o risco de um investimento nem sempre é uma tarefa fácil para nós investidores. Portanto, é com o intuito de suprir essa necessidade que disponibilizo esta planilha educativa sobre como calcular o risco de um investimento através de fórmulas simples no excel.

Benefícios da Planilha. Ao fazer o download da planilha você será capaz de mensurar o risco mensal, anual e em qualquer período de um investimento. O risco, financeiramente falando, é medido através da volatilidade (desvio-padrão). Isso significa que risco é a variação (dispersão) do retorno ao redor de sua média.

Exemplo no Ibovespa. De acordo com os cálculos na planilha (levando em conta o período de Agosto de 2007 até Julho de 2010), espera-se que o Ibovespa tenha uma retorno  anual de 10,41% com um risco (volatilidade) de 28,83%. Veja o exemplo descrito na planilha para melhor compreensão.

Saber medir o risco de seus investimentos é fundamental para poder se estimar o quanto você pode perder em um tipo de investimento, tornando seu planejamento financeiro mais eficaz ao conhecer melhor sua tolerância ao risco.

Todas as intruções sobre como utilizar a planilha estão dentro dela própria. Qualquer tipo de dúvida deixe sua opinião na caixa de comentários ao final deste post.

Faça o download da planilha HC Investimentos – Como calcular o Risco (Volatilidade) de um Investimento

Clique para baixar (Excel 2007)

Acompanhe o site HC Investimentos em diversas mídias sociais:



Tolerância ao Risco

Conhecer nossa tolerância ao risco é fundamental para traçarmos uma estratégia de longo prazo. A nossa tolerância ao risco expressa a quantidade de volatilidade que conseguimos tolerar.

Você conseguiria ver seu portifólio tendo uma rentabilidade negativa de -10% em um ano? E se a rentabilidade fosse de -30%? -50%? Conhecer nossos limites é muito importante, porém a mensuração de nossa tolerância ao risco é muito relativa.

Quem nunca conheceu um Bear Market pode desenvolver uma tolerância ao risco bem abaixo da sua tolerância real, pois em Bear Markets severos é que nossa tolerância é testada de verdade, já que temos contato com uma grande volatilidade a qual não estávamos acostumados anteriormente.

(mais…)

Horizonte de Tempo: Pensando no Longo Prazo

Certamente você já ouviu a frase: Bolsa é para o longo prazo. Entretanto, dando uma rápida olhada em alguns fóruns o que mais vemos são promessas de rentabilidades enormes com risco baixo. Percebem o paradoxo nessa frase?

Infelizmente, no mundo real, ativos com altos retornos esperados também carregam uma alta volatilidade. Afinal, ninguém quer investir em um ativo com alta volatilidade se não for recompensado de alguma forma.

O curto prazo costuma pregar algumas peças em nosso pensamento devido ao grande ruído que ele provoca. A sensação de perseguir o melhor investimento do mês, do ano faz com que acabemos investindo em ativos com alta volatilidade, muitas vezes acima da nossa própria tolerância ao risco.

É só olhar para a crise de 2008 e ver quantas pessoas abandonaram sua estratégia de investir 100% em bolsa,  uyilizando a estratégia de buy and hold (comprar e segurar). Os sobreviventes, diferentemente dos investidores que abandonaram sua estratégia, mantiveram-se firmes, pois seu foco está no longo prazo, sabendo que serão recompensados por isso.

Vejam que não estou condenando ninguém por investir 100% em bolsa nem alegando que é o melhor caminho a se tomar. Cada um deve investir de modo a satisfazer suas necessidades.

(mais…)

%d blogueiros gostam disto: