Compartilhando idéias para alcançar a liberdade financeira.

Esta planilha foi elaborada para suprir a necessidade de se calcular com extrema facilidade juros compostos em finanças e investimentos. Estaremos abordando 4 maneiras de se calcular juros compostos em uma planilha Excel, concluindo qual é a forma mais rápida e adequada para você não perder mais tempo com este tipo de cálculo.

  • Nesta planilha você irá encontrar:

1. Retorno mensal do Ibovespa nos últimos 3 anos, ou seja, de Agosto de 2007 até Julho de 2010.

2. Cálculo dos juros compostos através da fórmula tradicional (1+…) * (1+…) * (1+…) -1

3. Cálculo dos juros compostos através de índices (começando em 100).

4. Cálculo dos juros compostos através de uma única fórmula utilizando somarproduto e produto (simples e eficiente).

5. Como inserir uma tabela (table) no excel, possibilitando o cálculo dos juros compostos automaticamente ao inserir um novo resultado. Ótima dica para economizar seu tempo.

6. Extra: Como criar frases prontas com uma referência variável. Ex: O retorno total do Ibovespa nos últimos 3 anos foi de 20,45%.

Todas as intruções sobre como utilizar a planilha estão dentro dela própria. Qualquer tipo de dúvida deixe sua opinião na caixa de comentários ao final deste post.

Faça o download da planilha HC Investimentos – Como Calcular Juros Compostos.xls

Clique para baixar (Excel 2007)

Acompanhe o site HC Investimentos em diversas mídias sociais:

 

 

Comentários em: "Planilhas – Como calcular juros compostos?" (21)

  1. Legal essa planilha!! Eu utilizo o método “comum”… Acho mais simples…

    Grande Abraço!!

  2. Daniel Melo disse:

    Ótimo trabalho Henrique!

    O único porém da tabela, é que a medida que se adicionam novos resultados ela calcula o retorno do período todo desde ago/07, o que não reflete mais os últimos 3 anos como diz a frase fixa.

    Aliás, aprendi mais uma com essa opção de usar a frase fixa… Obrigado! 🙂

    Como sugestão, a planilha também poderia calcular a taxa de crescimento composta anual. Por exemplo, os 20,45% em 3 anos corresponde a uma taxa de crescimento anual de quantos %?

    Parabéns pelo execelnte trabalho no blog e no clube.

  3. Henrique Carvalho disse:

    Olá Daniel!

    Muito obrigado pelos elogios em relação ao blog e ao Clube de Vienna.

    Eu tinha como intenção inicial criar uma única planilha ensinando tudo o que desejava. Porém, achei melhor segregar os temas, que são:

    1. Calcular juros compostos
    2. Calcular rentabilidade anualizada
    3. Calcular a rentabilidade nos últimos 12 meses / 24 meses / 36 meses, etc.
    4. Calcular a volatilidade anual
    5. Calcular a correlação entre investimentos

    Todos os tópicos explicados em detalhes nas planilhas.

    O resultado, acredito eu, será bem útil para todos os investidores no mercado.

    Grande Abraço!

    • Francisco disse:

      Olá Henrique,

      Bom saber que você esta planejando outras planilhas com tópicos mais avançados. Particularmente ainda não consegui encontrar (nem fazer) a minha planilha dos sonhos para controlar meu portfolio.

      Um dos critério mais importantes para mim é o CAGR (Compound Annual Growth Rate). Acho que em português seria a taxa de crescimento anual. Esta fórmula já tenho na minha planilha e com isto posso comparar facilmente se estou ganhando ou perdendo do CDI, por exemplo.

      A dificuldade aumenta quando existem múltiplas transações para um mesmo papel, e aí entra FIFO, LIFO e complica tudo, além dos ganhos com dividendos.

      Ainda não encontrei nenhum programa acessível que mostre os principais indicadores de performance que gostaria, o negócio é continuar procurando.

      Aproveitando o “gancho” pergunto se você já ouviu falar do método BMW, cuja base de decisão de investimento é justamente o CAGR. Me identifiquei muito com o conceito, mas – novamente – os cálculos são pesados para criar gráficos e não achei nenhuma planilha ou aplicativo que resolva adequadamente. Se tiver interesse, dê uma olhada em : http://bmwmethod.com/about.php

      Parabéns pelo trabalho ! Seu site está cada vez melhor.

      Abraços,

      Francisco

      • Henrique Carvalho disse:

        Olá Francisco!

        Uma outra opção é utilizar o sistema de cotas, assim como os fundos de investimentos.

        Veja mais detalhes neste comentário que fiz há um tempo atrás.

        Abraço!

  4. Major disse:

    Muito obrigado Henrique!

    Eu, que sempre usei o método “demorado e complicado”, adorei conhecer a formula com “SUMPRODUCT…”.

    A única que não funcionou aqui (acho que porque estou num Excel 2008 para Mac) foi a “Tabela Melhor ainda” onde o retorno total ficou #VALUE.

    Vou acompanhar esta série de planilhas atentamente.

    Abraço!

    • Henrique Carvalho disse:

      Olá Major!

      Pois é…O office para Mac não tem algumas funcionalidades como VBA. Provavelmente, então, também não deve possuir esta opção de transformar os dados em uma tabela (inserir tabela, ao lado de tabela dinâmica).

      Uma pena, pois este processo permite automatizar o cálculo, já que basta inserir um novo valor correspondente ao mês seguinte que ela já calcular automaticamente o novo valor total.

      Grande Abraço!

      • Major disse:

        Oi HC,

        Só pra fazer um update: O novo Office 2011 para Mac suporta VBA!

        Agora sua planilha rolou direitinho !

        Na sua série sobre planilhas vc pensa em ensinar a usar aquele plugin que puxa automaticamente o preço das ações ?

        Abraço!

      • Henrique Carvalho disse:

        Olá Major!

        Que ótima notícia e que bom que funcionou tudo certinho ai.

        Ótima idéia. Vou disponibilizar uma planilha com atualizações das ações através do yahoo. Aproveitando, posso desenvolver também planilhas para pegar cotações do Tesouro Direto, Fundos Imobiliários, Dólar, Euro, Taxa Selic. Enfim, tudo o que importa para nós termos todos os indicadores econômicos atualizados.

        Abraços!

      • Major disse:

        Cotações do TD ?

        Isto seria Sen-sa-ci-o-nal !!

  5. Meu caro e Nobre HC!!

    Preciso da sua ajuda!! Eu estou com um problema de matemática e não consigo resolver!!!

    Conforme desglossava a minha carteira de ações (no meu ultimo post) e cheguei numa sinuca de bico!! Queria receber a luz do seu conhecimento!!

    Vamos a um exemplo simples primeiro:

    Eu peguei meu dinheirinho debaixo do meu colchão e resolvi comprar 100 ações de 1 real, logo investi 100 reais.
    Agora eu ganhei 5 reais de dividendos (total = 105 reais / 5% de ganho)
    Com esse dinheiro resolvi comprar mais 5 ações por 1 real (total 105reais / 5% de ganho)
    oops. Agora o Mercado deu uma caída.. Meus 105 reais viraram 100 reais..
    Qual é o retorno do meu investimento?

    Meu bom senso me diz que é de 0% (100 atuais / 100 investidos)

    Até aí tudo bem… Agora deixa eu desglossar as minhas operações:

    Investimento Inicial: 100 reais
    Total de Compras: 105 reais (100 + 5)
    Dividendos: 5 reais
    Valor Atual das Compras: 100 reais

    Como fazer a formula que vai incluir todos os dados acima e me dar um resultado certo?

    Se eu comparar as compras com o valor atual, eu estou tendo prejuízo… Mas se eu somar os dividendos com o valor atual, eu estaria dizendo que eu tenho 105 reais atualmente – o que zeraria a conta. Só que esse calculo não é preciso – pois eu só tenho 100 reais hoje.

    Help!!!

    • Henrique Carvalho disse:

      Olá Vida Boa!

      Pelo meu entendimento o retorno é 0% mesmo, já que você começou com 100 e terminou com 100.

      Os dividendos já estariam incluídos na compra que você fez com eles.

      A conta que você deve fazer é: 105 ações x preço atual da ação.

      Para ter rendimento 0% o preço deve ser de 0,952381, já que 105 x 0,95 = 100 (igual ao valor inicial)

      Abraços!

  6. Parabéns, Henrique, excelente planilha! Com a didática que lhe é peculiar, explicando passo a passo o cálculo dos juros compostos. Obrigado por disponibilizá-la a todos.

    É isso aí!
    Um grande abraço, e que Deus os abençoe!

    • Henrique Carvalho disse:

      Obrigado pelo comentário Guilherme!

      As próximas planilhas irão ficar ainda melhores!

      Abraços!

  7. Ótima planilha Henrique,
    Obrigado por disponibilizá-la a todos nós.

    Juros compostos, está aí um assunto que confunde bastante gente. Sua planilha vem facilitar os cálculos.

    Grande abraço!

  8. Sandro disse:

    Henrique,

    como investidor há 5 anos em Renda Variável venho tendo dificuladade em avaliar a performance geral da minha carteira.

    Quando comecei a investir, estava comprando um imóvel e me casando ao mesmo tempo, a minha carteira era fácil de avaliar pois não havia um fluxo de capital (fosse $$$ novo ou proventos de ações). A conta era simples, tinha poucos ativos, raramente recebia dividendos de empresa, a grana que entrava era somente para quitar assuntos extra-investimento.

    Tendo organizado minha vida pessoal e financeira, passei a me dedicar ao Investimento em Valor e a buscar investimentos mais seguros e com retornos melhores em termos de proventos. Hoje minha carteira apresenta um fluxo constante de capital novo ingressando todos os meses e também um recebimento de proventos de empresas que mantenho em minha carteira.

    Sei que venho batendo o mercado por que o resultado mesmo que não houvessem os aportes de dinheiro novo seria positivo. A pergunta é: que meio ou que fórmula utilizar para avaliar uma carteira com diversos ativos que pagam proventos com frequencia e que recebe também constante aporte financeiro ???

    Pesquisando na internet (sou da área de saúde) o que me pareceu ajustável é o que chamam de TWR. Me ajudou bastante….mas tenho que confessar que a facilidade da fórmula e a simplicidade dela me incomodam um pouco. Digo isto por que a mesma não considera, de forma adequada, o efeito tempo dentro de um período de tempo (ex: não faz diferença se no primeiro, décimo ou vigésimo dia do mês foi feito um aporte).

    Visualizei, dando uma “googlada”, diversos outros métodos e TWR´s modificadas…existe alguma planilha de Excel ou programa que possa elucidar e ajudar investidores que não pertencem a área financeira ? Poderia publicar algo a respeito em seu blog ?

    Grato !!!

    • Henrique Carvalho disse:

      Olá Sandro!

      Não se preocupe. Está é uma dúvida muito comum e que causa bastante confusão, já que cada pessoa adota um método diferente.

      Na minha opinião, o melhor método é o sistema de cotas, usado pelos fundos de investimentos.

      Veja mais detalhes em um comentário que fiz em uma dúvida semelhante à sua.

      Grande Abraço!

  9. […] sucesso da planilha sobre juros compostos, tanto em número de downloads como nos comentários apoiando a idéia, trouxe-me uma motivação […]

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: