Compartilhando idéias para alcançar a liberdade financeira.

Na parte I vimos alguns dos benefícios dos FII. Nesta sequência iremos analisar importantes questões como: (a) Retorno e (b) Risco. Com estes parâmetros poderemos ter uma melhor idéia sobre a alocação de FII para um portfólio bem diversificado.

  • (a) Retorno:

A performance dos FII pode ser vistas através do gráfico abaixo com dados da Bovespa, Fundo Imobiliário e Coinvalores.  Dados anteriores à janeiro de 2008 não são muito confiáveis, além de não haver dados para muitos FII antes deste período. Portanto, o período usado abrange janeiro de 2008 até setembro de 2009.

Rentabilidade Acumulada (Total) dos FII (2008-2009)
Rentabilidade Acumulada (Total) dos FII (2008-2009)

Clique para Ampliar

Podemos ver que não estão presentes todos os FII disponíveis no mercado. Estes são os FII que acompanho e que considero mais relevantes. O gráfico nos mostra o retorno acumulado total, ou seja, através da valorização das cotas + distribuições mensais.

O fundo mais rentável no período foi o NSLU11B com um retorno total de  79,36% e o fundo menos rentável foi o TNRT11B com um retorno total de 30,83%. Precisamos agora medir o retorno médio mensal, além do desvio-padrão de cada fundo para avaliarmos a relação entre retorno e risco dos FII.

Rentabilidade Média Mensal dos FII (2008 - 2009)

Rentabilidade Média Mensal dos FII (2008 - 2009)

Clique para Ampliar

O gráfico acima nos mostra a rentabilidade média mensal dos FII divida em duas partes: (a) Retorno Médio Mensal através dos aluguéis (em auzl) e (b) Retorno Médio Mensal através da valorização do valor da cota (em vinho). Essa divisão é útil para compreendermos quais fundos são muito dependentes da valorização das cotas e por isso mais voláteis. A última coluna do gráfico nos mostra a média destes fundos para melhor efeito de comparação.

Rentabilidade Média Mensal e Volatilidade dos FII (2008 - 2009)

Rentabilidade Média Mensal e Volatilidade dos FII (2008 - 2009)

Clique para Ampliar

Este gráfico traz uma comparação entre o retorno médio mensal (aluguéis + valorização da cota) de cada fundo e sua volatilidade  mensal. Os fundos muito dependentes da valorização de suas cotas apresentam maior volatilidade, enquanto fundos com maior parcela de rendimento nos aluguéis tendem a ser menos voláteis.

Rentabilidade Mensal x Volatilidade Mensal dos FII (2008 - 2009)

Rentabilidade Mensal x Volatilidade Mensal dos FII (2008 - 2009)

Clique para Ampliar

O gráfico acima nos traz uma comparação entre os fundos a respeito da relação entre o retorno e risco (mensais) destes. O número é originado através da divisão do retorno médio mensal pela volatilidade mensal. A única observação que podemos retirar do gráfico é que números maiores indicam a eficiência do retorno em relação à 1 unidade de risco.

Após avaliar o retorno destes ativos, bem como sua volatilidade, necessitamos tomar ciência dos riscos inerentes à negociação dos FII.

  • (b) Risco:

Existem 3 principais tipos de risco associados aos Fundos de Investimentos. De acordo com o site da Anbid temos:

(1) Risco de Crédito: Risco decorrente da possibilidade de a contraparte não cumprir suas obrigações, parcial ou integralmente, diante da data combinada. (Neste caso o tipo de risco mais adequado seria o equivalente risco de inadimplência).

(2) Risco de Mercado: Esse tipo de risco é associado à possibilidade de desvalorização ou de valorização de um ativo.

(3) Risco de Liquidez: O risco de liquidez surge da dificuldade em conseguir encontrar compradores potenciais de determinado ativo no momento e no preço desejado.

Conclusão:

Com as informações acima podemos ter uma idéia dos benefícios do investimento em FII. Vimos fundos com alta valorização do valor das suas cotas, assim como fundos com pouca valorização das cotas se apoiando mais nos dividendos distribuídos.

Como seres racionais queremos obter o melhor retorno para o menor risco possível. Ao invés de olhar apenas para o fundo que gerou a maior rentabilidade no período fique atento a volatilidade deste (Rentabilidade passada não é garantia futura).

Verifique se as distribuições são constantes (e se possível crescentes). Analise a relação entre o retorno x risco do passado (trataremos destas questões nos próximos artigos). E o mais importante: Não concentre seus investimentos em apenas um FII: Diversificação é a palavra-chave!

Na parte III trataremos especificamente da correlação entre os FII e os demais ativos do mercado.

Comentários em: "Investindo em Fundos de Investimentos Imobiliários (FII): Parte II" (6)

  1. Cara, é por isso que eu gosto do blog HC Investimentos: toda hora tem coisa nova pra gente aprender, embasada em informação de qualidade e com precisão técnica, mas com uma linguagem acessível a todos. 🙂

    Continue com a série, Henrique. A nossa educação financeira agradece.

    É isso aí!
    Um grande abraço e que Deus lhes abençoe!

    • Henrique Carvalho disse:

      Hotmar,

      Muito obrigado pela força!

      São comentários como os seus que me dão a energia necessária para escrever um conteúdo diferenciado e de qualidade por aqui!

      Grande Abraço meu amigo!

  2. […] contendo a análise de diferentes classes de ativos. Atualmente, ele está versando sobre os fundos de investimento imobiliário, uma alternativa a ser considerada quando se trata de investimentos em […]

  3. […] em Fundos de Investimentos Imobiliários (FII): Parte III Na parte II vimos o retorno e a volatilidade dos FII no período de janeiro de 2008 até setembro de 2009. […]

  4. […] aqui uma série de artigos que o Henrique Carvalho escreveu sobre os FIIs em seu blog: Parte I, Parte II, Parte III, Parte IV, Parte V, Parte VI e Parte VII. É o estudo técnico mais completo disponível […]

  5. […] Investindo em Fundos de Investimentos Imobiliários (FII): Parte II […]

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: